Diagnóstico da Paralisia Facial Periférica

O diagnóstico da paralisia facial periférica ou paralisia de bell é feito através da observação do indivíduo por profissional qualificado e, na maioria dos casos, não é necessário realizar exames complementares. Em alguns casos, para certificar-se de que se trata ‘somente’ de uma paralisia facial, o médico pode solicitar uma ressonância magnética.

Sobre os sintomas e o diagnóstico da paralisia facial periférica (PFP)

Ao surgirem sintomas aqui descritos, procure um médico imediatamente para iniciar tratamento adequado.