O que é Paralisia Facial Periférica ou Paralisia de Bell

O que é Paralisia Facial Periférica ou Paralisia de Bell? Conheça as causas, sintomas e identifique as variações da patologia.

A paralisia facial ou paralisia de bell pode ser classificada como periférica (PFP) ou central (PFC).

Paralisia Facial Periférica

A paralisia facial periférica (PFP) refere-se ao acometimento do nervo facial em qualquer ponto de sua extensão, quase sempre passageira, que afeta somente um lado da face, deixando o indivíduo com metade da face sem expressão.

Na paralisia de Bell, assim chamada quando uma causa não é conhecida, acredita-se que haja um mecanismo inflamatório no nervo facial como resposta a uma infecção viral, uma compressão ou uma ausência de irrigação sanguínea. Este é o tipo mais comum de paralisia facial.

Causas

A paralisia facial pode ser causada por vários fatores, como:

  • mudanças bruscas de temperatura;
  • estresse;
  • traumas / acidentes;
  • cirurgias da glândula parótida (glândula da salivação);
  • otites;
  • infecções pelo vírus herpes (comum ou herpes-zoster);
  • alterações circulatórias;
  • tumores próximos ao nervo facial ou no próprio nervo, entre outras causas.

Os diabéticos têm uma probabilidade aumentada de desenvolver uma paralisia facial quando comparados à população geral, o que também ocorre com gestantes no último trimestre da gravidez ou em pacientes imunodeprimidos. Infecções virais ou bacterianas e doenças autoimunes também aumentam o risco de paralisia facial.

Sintomas

Alguns sintomas descritos abaixo podem se manifestar no lado da face afetado:

  • Falta de expressão num dos lados da face;
  • Boca torta, que é mais evidente quando o indivíduo sorri;
  • Boca seca;
  • Alteração ou ausência do paladar;
  • Incapacidade de fechar completamente o olho, de levantar a sobrancelha e de franzir a testa;
  • Dor de cabeça;
  • Dor na mandíbula;
  • Aumento da sensibilidade do som num dos ouvidos, apresentando dores em alguns casos.
O que é Paralisia facial periférica ou paralisia de bell
Paralisia facial periférica ou paralisia de bell

Dados científicos sobre a Paralisia de Bell

O neurologista Paulo Kanda traz no vídeo abaixo dados e estatísticas importantíssimos sobre a paralisia facial.

Paralisia Facial Central

Paralisia facial central (PFC) é a paralisia da metade inferior de um lado da face.

Causas

Esta condição é geralmente provocada por um acidente vascular cerebral, tumores ou derrames, pode apresentar outros sintomas além dos manifestados na face, tais como perda dos movimentos do braço e da perna, dificuldade na fala, transtornos de conduta etc.

Sintomas

Na paralisia facial central existe um desvio da rima bucal, apagamento do sulco nasolabial, disartria, ausência da contração do plastima além da perda de movimentos de membros no lado afetado e/ou dificuldade na fala, no caso de tumor ou AVC. Pode haver contração involuntária da musculatura mímica como manifestação emocional. Assim, o indivíduo pode contrair a musculatura mímica do lado paralisado quando ri ou chora, embora impossibilitado de fazê-lo voluntariamente.

Um médico especializado poderá fazer o diagnóstico correto da patologia, bem como definir o tratamento adequado.